Wolfire- Science: 01/08/08

Biologia Celular e Molecular

0 comentários


Título: Biologia Celular e Molecular

Autor(es): Junqueira & Carneiro

Idioma: Português

Formato: PDF

Número de Páginas: 302

Tamanho do arquivo: 80 MB

Referência: JUNQUEIRA, Luiz Carlos Uchoa; CARNEIRO, José. Biologia celular e molecular. 6ed. São Paulo: Guanabara Koogan, 1997.

Descrição: Livro bastante usado por tratar de forma clara e objetiva temas acerca da Biologia Celular e Molecular. Apesar de esta ser uma edição um pouco mais antiga, dá para se colsultar e tirar algumas dúvidas.


Clique para fazer o Download



Genética Médica

0 comentários


Título: Thompson & Thompson Genética Médica

Autor(es): Robert L. Nussbaum, Roderick R. Mcinnes, Huntington F. Willard

Idioma: Português

Formato: PDF

Número de Páginas: 460

Tamanho do arquivo: 40 MB

Referência: NUSSBAUM, R. L.; McINNES, R. R.; HUNTINGTON, F. W. Thompson & Thompson Genética Médica. 6 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002.

Descrição: Por 35 anos, esta obra tem sido a fonte de consulta favorita nesse campo fascinante e de rápida evolução. Usando a mesma abordagem acessível sempre apreciada pelos leitores, esta 6ª edição integra os princípios clássicos da genética humana com a moderna genética molecular, demonstrando as aplicações clínicas desse conhecimento no diagnóstico e tratamento de uma ampla gama de distúrbios genéticos. O leitor encontrará novas informações sobre, - defeitos do desenvolvimento, - genética das doenças complexas, - genética do câncer, - as bases moleculares e bioquímicas da genética, - o Projeto do Genoma Humano, - e muitas outras descobertas revolucionárias e progressos. Esta 6ª edição incorpora casos clínicos, identificando 29 dos distúrbios genéticos mais comumente vistos, para ajudá-lo a relacionar a genética básica com a genética clínica. Ilustrações coloridas, juntamente com sumários concisos de características principais, causas e conduta, tornam os casos clínicos de simples compreensão.'Thompson & Thompson / Genética Médica' contém as explicações claras e clinicamente relevantes da genética médica atual.

Clique aqui para fazer o Download



Biologia Celular e Molecular

0 comentários


Descrição:Apostila ilustrada sobre métodos de estudo com células
Autor: Desconhecido
Idioma: Português
Formato: PDF
Número de Páginas: 30
Tamanho do arquivo: 5,04 MB



Epidemiologia

0 comentários

Descrição: Livro sobre Vigilância em Saúde Pública.
Autor: Eliseu Alves Waldman
Colaboração de
Tereza Etsuko da Costa Rosa
Idioma: Português
Formato: PDF
Número de Páginas: 267
Tamanho do arquivo: 1,04 MB


Pâncreas reprogramado passa a fabricar insulina

0 comentários

Um pai cujos dois filhos têm diabetes tipo 1 acaba de dar um passo importante na busca de um tratamento para a doença: ele conseguiu "convencer" células vivas do pâncreas de roedores a trocar de identidade e passar a produzir insulina.

O feito de reprogramação celular foi obtido por Douglas Melton, fundador do Centro de Células-Tronco de Harvard, EUA, e sua equipe. Seus resultados estão publicados na edição de hoje da revista "Nature".

Usando apenas três genes, Melton e seus colegas transformaram as chamadas células exócrinas, que constituem 95% do pâncreas, em cópias funcionais das chamadas células beta. Estas secretam insulina e são destruídas por engano pelo sistema imunológico do diabético.

Os camundongos diabéticos que receberam os genes tiveram sua produção de insulina aumentada em 20% em apenas alguns dias. No entanto, não foram curados pelo tratamento. As implicações do trabalho vão além do diabetes: o grupo provou que é possível reprogramar células diretamente em organismos vivos e transformá-las em outro tipo de tecido, sem envolver etapas intermediárias como a produção de células-tronco embrionárias.

Até agora, a única forma que os cientistas conheciam de produzir um tipo de tecido a partir de outro era usar células-tronco. Como ainda não se diferenciaram ou se diferenciaram pouco ao longo do desenvolvimento do organismo, essas células podem ser reprogramadas com mais facilidade.

No entanto, as células-tronco mais reprogramáveis de todas são extraídas de embriões humanos --o que tem implicações éticas-- ou produzidas a partir de células adultas que têm sua "memória" genética apagada. Em nenhum dos dois casos a transformação é feita diretamente no corpo.

A equipe de Melton estudou um grupo de mais de 1.100 genes que codificam os chamados fatores de transcrição --proteínas que alteram a maneira como genes são ligados e desligados numa célula. Desse total, nove agiam especificamente no pâncreas e três convertiam o tecido normal em células beta.

Para Melton, o trabalho tem gosto de uma vitória pessoal. Até os anos 1990, o cientista era especialista no desenvolvimento de sapos. Em 1993, seu filho Sam foi diagnosticado como diabético, e o cientista mudou sua linha de pesquisa. Passou a estudar células-tronco embrionárias para curar a doença do filho (sua segunda filha, Emma, também é diabética).

"Eu acordo todos os dias pensando como fazer células beta", disse o cientista à agência Reuters.

O método poderia ser aplicado primeiro em pacientes de diabetes tipo 2, que param de fabricar insulina. "Para o diabetes tipo 1, ainda temos o aborrecimento do ataque auto-imune", afirmou Melton.

28/08/2008

Fonte: Folha de S.Paulo